Le Mousse


Entrevista com Johnny Luxo, deejay! by Kaká Marinho
22 de março de 2010, 8:20 am
Filed under: Entrevistas

Quando recebi a notícia (valeu, Leandro Agas!) que Johnny Luxo estava em Recife no mesmo fim de semana que eu, pirei. Sempre via coisas bem interessantes a respeito dessa pessoa. Ele tocou no último sábado na Metrópole Dance e fui convidada a entrevistá-lo pelo sempre incrível staff da casa… não podia perder essa oportunidade de mostrar um pouco dele pra vocês, né?!

Ele é queridinho da cena fashion / noturna paulistana (ou seria brasileira?). DJ, hostess, apresentador, amigo íntimo de Erika Palomino, Alexandre Herchcovitch, Dudu Bertholini e afins. Seu set faz a galera pirar. Sua carinha de menino camufla muita coisa. Saiba, agora, porque Johnny é realmente luxuoso 😉

Entrevista com Johnny Luxo, 36 anos, DJ

- DJ, apresentador, modelo... como é ser tão plural e
cosmopolita, porém único ao mesmo tempo?
Não sei (risos)... fui agregando essas atividades com o
passar do tempo, porque apesar dessa carinha de menino,
eu já trabalho desde os 18 anos. Tenho 36. Modelo não
me considero mais, foi uma coisa bem de início, agora
eu já estou um tiozinho praticamente. Hoje sou só DJ e
apresentador, pois faço minha participação às sextas no
programa da Adriane Galisteu, o “Toda Sexta”, na Band.
- Como você define seu estilo?
Meu estilo sou eu próprio, Johnny Luxo.
- Qual o significado de luxo para você?
Luxo é tudo o que tem personalidade e vontade própria.
- Como você executa a ligação entre moda e música?
Com muita pesquisa, internet, filmes... a inspiração de
todos os lados, de onde se possa imaginar. Desde uma
fotografia numa revista antiga até um post que você leu
em algum blog na internet.
- Existe algo que te incomoda na cena fashion / noturna?
Na noite, o que me incomoda muito em São Paulo, por
exemplo: geralmente tem algumas pessoas que exageram um
pouco na bebida até ficarem sem noção. Numa festa, já
aconteceu de derramarem bebida no equipamento (sem querer,
espero!) e isso ter gerado um curto-circuito. Foi
constrangedor pois, quando a música acaba, a culpa é do
DJ (risos). Ficava todo mundo olhando pra minha cara
tipo "Cadê a música?, cadê a música?"...
Na cena fashion, o que me irrita é quando você recebe um
convite para um desfile e tem alguém no seu lugar, no
assento marcado. Daí, você tem que chamar a assessoria
de imprensa, para não ser indelicado, e pedir para retirar
a pessoa do seu lugar... acho isso bem desagradável.
- O que te tira do sério?
Sou tranqüilo. Quando tem algo que me incomoda, tento
empurrar o stress pra frente. Super conto até dez antes
de estourar ou rodar a baiana (risos).
- Você hoje vai apresentar a “Festa do Carão”. Para você,
o que é ter carão? Porque muita gente vê esse termo de
forma pejorativa...
Carão pra mim é atitude. É você ser você mesmo e fazer
seu bom carão.

JOGO RÁPIDO
- Uma gíria preferida: Luxo (risos)!
- Um lugar inspirador: Paris
- A hora mais legal da sua montação: De me olhar no
espelho e de pensar “Estou ótimo! Adorei essa combinação
que fiz!”.
- Melhor máxima fashion que já escutou: (Risos) Na verdade
é uma dica mais de beleza! Tem um laser que chama Genesis,
e ele, ao passar no rosto, ativa o colágeno. Tipo... se
você tem uma festa no dia seguinte e passá-lo no rosto,
no outro dia ele tá bem puxado, incrível, estilo lifting.
- Estilo é... Sua personalidade, o que você é, o que você
gosta, independente de padrões e do que as pessoas
vão falar...
- Uma roupa que você nunca usaria: Acho que nunca usaria
um biquíni (risos)!
- O mundo seria melhor se... Se não existisse pessoas como
o Papa Bento XVI, o parlamentar de Uganda David Bahati,
que está tentando implantar a pena de morte para
homossexuais. Acho isso inacreditavelmente louco!
- Um recado pros leitores: “Queridos que acessam o
Le Mousse, espero muito ir à Maceió algum dia, quem sabe
para uma festa fashion, para conhecer todo mundo daí.
Beijos pra vocês!”

Um pouco do estilo de Johnny Luxo

Ele é um fofo mesmo, né?! Tudo o que eu achava dele, só coisas boas, foram reforçadas principalmente por sua simpatia e simplicidade 🙂

Acessem seu Fotolog, Facebook e MySpace!

sign1

@KakaMarinho

Anúncios


Entrevista com Clévis Oliveira, jornalista de moda! by Kaká Marinho
19 de março de 2010, 8:57 am
Filed under: Entrevistas

Foto: Marcelo Albuquerque

Sabe aquelas pessoas que a gente gosta de cara, assim que conhece? Quando “bate”? Foi o que senti quando conheci o Clevis Oliveira, jornalista de moda da Gazeta de Alagoas onde, além de outros trabalhos, assina a coluna “Toda Moda” aos sábados.

Clévis, longe da contaminação do ego inflado que atinge grande parte dos jornalistas de moda gabaritados, é super focado sem deixar de sonhar com seus objetivos.

Aqui, ele separou uns minutos do seu tempo pra responder essa entrevista! Ó:

Entrevista com Clévis Oliveira, 33 anos, jornalista de moda

- O que é ser um jornalista de moda?
Desde que comecei a trabalhar com jornalismo, nunca atuei
exclusivamente como jornalista de moda. A partir de 2005
comecei a escrever sobre o tema no caderno de cultura do
O Jornal.  Foi lá, também, onde atuei como editor do
suplemento de moda Radar, que tinha coordenação da
empresária Kristhine Calheiros de Albuquerque. A minha idéia
como jornalista sempre foi poder comunicar para os alagoanos
como a moda faz parte do nosso cotidiano e de como ela
reflete na cultura, no comportamento e na economia no país,
principalmente por gerar postos de trabalhos para milhares
de brasileiros. Desde 2007, com a minha ida para a redação
do Jornal Gazeta de Alagoas, como repórter do Caderno B,
passei a abordar o tema em reportagens para a editoria e
também no suplemento Bem Viver. Desde outubro do ano
passado, assino uma coluna semanal a Toda Moda, onde
mostramos um pouco do universo da moda aqui e ao redor
do mundo. Acho que como jornalista ajuda a contar um pouco
da nossa história por meio das roupas, da forma como nos
vestimos.

- E moda, para você, o que representa?
Moda para mim é uma forma de expressão. Acho que a roupa
dialoga com o tempo. É por meio dela criamos identidade
com outros grupos e passamos a trocar informações com outras
culturas.

- Quais os prazeres e desprazeres da profissão?
Para mim é poder dialogar com o criador e entender que a
construção de uma coleção não nasce por acaso, como muita
gente acha. O desprazer é saber que ainda existe muita
gente fútil nesse meio e que enxerga a profissão de maneira
errada. Quem entra na faculdade de moda pensando assim vai
cair do cavalo. E jornalista que age dessa maneira, também
tem prazo de validade.

- Como se deu a idéia de atuar no campo da moda?
Sempre quis atuar como profissional de moda. E no período
da faculdade fui apurando o meu interesse. O jornalismo
tem me proporcionado viver bons momentos, principalmente
durante as semanas de moda.

Clévis no desfile da Maria Bonita
- Qual foi a sensação de cobrir sua primeira 
semana de moda?
Minha primeira cobertura foi o Fashion Rio, no final de
2004. Posso dizer que foi o máximo, mesmo estando bem
verdinho na época. É verdade que a internet hoje é nossa
maior aliada para acompanhar as temporadas de moda, mas
não existe nada melhor do que estar ali, na sala do desfile.

- Como você vê o cenário da moda em Maceió?
Acho que temos pessoas bacanas fazendo coisas bacanas.

- Quais os profissionais de Moda em Maceió que mais se 
destacam atualmente, na sua opinião?
Gosto muito do Lucas Barros. É talentoso. O ilustrador
Herbert Loureiro é muito bom. O Henrique Muniz é um cara
que adoro conversar. Ele tem uma visão muito bacana e é
cosmopolita. Renata e Jeanine Fontan, da Caleidoscópio,
são maravilhosas. Outro jovem que também se interessa por
moda e que acabou de nos deixar é o Clessi. Ele é muito
sacado, simples e generoso.

- Como é seu dia-a-dia da profissão?
Hoje tenho um relacionamento muito bacana com as grandes
assessorias de moda do Brasil. Então, recebo informações
privilegiadas assim como as grandes revistas e os grandes
jornais. Aqui em Maceió tenho uma colaboradora assídua nos
editorias que fazemos para a TM, a Laura Amaral. Ela é uma
grande parceira na coluna.

- Qual o conselho que você dá para quem está querendo 
atuar na área?
É importante ler bastante sobre o tema e pesquisar muito.
A internet é uma excelente aliada. É preciso não ter
preconceito com nada e não desrespeitar o talento das
pessoas. Generosidade é muito importante e nunca veja a
profissão como algo maior. É uma profissão como outra
qualquer.  

- No momento, quais seus estilistas favoritos?
No Brasil, Alexandre Herchcovitch. Fora gosto muito de
Alexander Wang e Marc Jacobs.

- Deixe um recadinho pros leitores do blog!
Também sou um leitor assíduo do blog. Sucesso!!!

E aí, gostaram?! 😉

Quem vocês gostariam de ver por aqui, nas entrevistas?!

Beijos!

sign1

@KakaMarinho



Entrevista com Camila Coutinho, do “G.E.” :) by Kaká Marinho
22 de fevereiro de 2010, 7:17 pm
Filed under: Entrevistas

Ela é a-d-o-r-á-v-el! Quem curte umas leituras de moda via blogosfera, com certeza a conhece. Ela é o rostinho por trás do Garotas Estúpidas, provavelmente o fashion blog mais estourado do Brasil. Falo de Camila Coutinho, gente!

Suuuuper antenada – essa menina é G.E. 24h/dia -, cheia de iniciativa e phyníssima sem se deslumbrar com o que anda acontecendo de mega interessante em sua vida, Camila é dona de uma capacidade incrível de se relacionar com os leitores e tem um jeito todo especial de escrever. Quem lê o blog e a conhece pessoalmente, vê que ela é aquilo mesmo: espontânea, engraçada, ligada, simpática, uma menina-mulher (aiii haha!) fofa.

Na sua vida de correria louca, Camila separou um tempinho pra responder essa entrevista exclusiva. Com vocês, Camila Coutinho:

Camila Coutinho, 22 anos, designer de moda e editora do
Garotas Estúpidas

- O G.E. é, provavelmente, o blog de moda mais estourado do
 Brasil. E você começou tudo meio que despretensiosamente.
 A que você atribui esse sucesso?
Olha Ká, eu acho que é essa minha preocupação e dedicação
com as montagens. Sou uma pessoa muito visual e AMO
fotografias, design, fontes etc. Por isso sempre amei
revistas gringas (mesmo quando tinha 11 anos e não
conseguia ler direito em inglês já comprava!).
Outra coisa legal é que estou 24h ligada e pensando no
blog, enquanto ando no Shopping, vou a festas, leio
revistas ou viajo.
Sempre tenho alguma idéia pro GE! Já até acordei no
meio da noite pra escrever um post no blackberry! kkkk


Camila e um de seus passatempos favoritos: twittando
do seu blackberry hehe!
- Qual a maior felicidade que o G.E. já te proporcionou?
Parece uma coisa meio emo, mas amo saber que ajudo milhares
de meninas diariamente e as inspiro a se interessar mais
pelo meio da moda! Tento responder todos os e-mails que
recebo pra tirar as dúvidas das leitoras. Às vezes demora,
mas eu tento! Hahaah
Ter o meu trabalho reconhecido também é uma grande
recompensa, já dei entrevista pra tantos blogs e revistas
legais! Sem falar nas temporadas que cobri o SPFW na
RG Vogue... muito bom!!!
- O que faz quando está sem inspiração pra blogar?
Vou fazer outra coisa! Já aprendi que comigo não funciona
ficar quebrando a cabeça na frente do PC sabe? Prefiro dar
uma passeada, ir na banca, fazer as unhas... aí, do nada,
PLIM! lá vem uma idéia nova! Outra coisa que eu faço muito
é escrever as idéias que eu tenho em um bloquinho, vou
postando e riscando!
 
Em momento relax...
- Com relação ao G.E., existe algo que não goste muito de
fazer, ou que te dá preguiça?
Confesso que às vezes tenho preguiça de postar os resultados
dos sorteios, sabe?! Ahahaha! É que acho posts “feios”
visualmente (desculpa, sou muito cricri com isso! Hahaha)
e dá um certo trabalho de sortear, conferir, fazer print
screen do sorteio, mandar e-mail pra a pessoa, aí ela não
responde, aí tem que sortear de novo... UFS! Enfim...


Camila e seu fiel escudeiro Ander, a guei alagoana 😀
- A sensação que dá, ao acompanhar o G.E., é que você não
dorme! Qual a poção mágica pra conciliar tanta coisa
ao mesmo tempo?
Sei não! Kkkkkkkkk Eu sou assim mesmo, penso melhor de
madrugada... infelizmente! Queria tanto ter hábitos
saudáveis de dormir e acordar cedo, mas a madrugada é
sempre mais criativa pra mim!
- Você acha que existe uma preocupação dos veículos
tradicionais com relação ao crescimento dos blogs? 
Tem gente que se preocupa sim, mas os espertos sabem que
isso é uma evolução natural e que tem espaço pra todo
mundo! É que nós "pulamos"  várias etapas e falamos direto
com o leitor sabe? Ai facilita a comunicação... mas as
revistas e sites já estão se adaptando, criando blogs e
twitters por aí!
Eu mesma AMO ler blogs (claro! Hehehe), mas tenho
verdadeiro prazer em comprar revistas! Acho uma delícia
quele ritual de ir na banca, deitar pra ler, marcar as
inspirações...
- Qual a melhor dica fashion que você já leu / ouviu?
Invista um pouquinho em peças clássicas dentro
do seu estilo!

No Claro Rio Summer
- O que gosta de fazer quando está de bobeira?
Amo ver BBB (amo mesmo!!!), ver reality shows, comer
junkie food, ir no cinema, ler, arrumar armário, dormir....
- Quais locais você mais gosta de comprar? E os melhores
para garimpar?
Eu AMO comprar em liquidação! Hahaha sério, é só ver
aquela plaquinha vermelha escrito SALE que começo a ficar
nervosinha! Mas também compro muito na internet (as promos
do netaporter.com são incríveis!), Renner, Zara, brechós etc.
Pra garimpar curto a Benedito Calixto em SP e o brechó
Trash Chic, também em SP!

Camila no Shopping Day, um dos mais bem-sucedidos
projetos do G.E!
- Quais produtos de beleza você não vive sem?
Pó MAC Fix, corretivo Tracta, rímel Lancôme ou Maybelline
e blush Everyday Minerals!
- Existe algum ícone de moda em quem você se inspira?
Amo a Olivia Palermo, Whitney Port, Lauren Conrad,
Alexa Chung....
- Quais os planos para o G.E. em 2010?
UY! Quero oficializar o blog em tudo sabe? Firmar o nosso
label em eventos e aumentar o leque de serviços do GE.
Pouca gente sabe, mas atualmente produzimos desfiles,
catálogos, lookbooks, editoriais...
Temos uma equipe incrível!!!
- Mande um recado pros leitores do blog!
Olá Le Moussianossss!!! Ahahaha! Espero que tenham gostado
da minha entrevistinha e vão lá conhecer o GE! Espero as
visitinhas viu?
Beijão Ká e brigada pelo convite, adorei!
JOGO RÁPIDO
- Se não fosse blogueira de moda, seria: estilista ou
designer de estamparia!
- Coisa que comprou e mais se arrependeu na vida: no momento
é aquela sandália de tiras azul cobalto da Zara... comprei
e ainda não usei, acredita?!?!
- Maior guilty pleasure: BBB!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! AMO!
- Gíria preferida: “animal”...
- Não vive sem: família, amigos, namorado, Coca-Cola,
blackberry, internet, meu cachorro, batata frita....
- Um medo: De minha mão um dia cair de tanto tempo que eu
fico digitando no computador! kkkkkkk
- Na sua wish list atual, o item mais barato: grampos, eu
sempre preciso deles!
- E o mais caro: to desejando uma Balenciaga city com
aquelas tachonas prateadas...
- Um luxo: viajar, viajar e viajar!
- Um blog: http://www.cupcakesandcashmere.com/
- Um cheiro: Lavanda Jonhson's e McDonalds na hora do
almoço! Sou fritura lover assumida! kkkkk
- Um sonho: Levar o Shopping Day pra varias cidades
do Brasil!

Uma querida, né?!

Camis, seu sucesso não é à tôa, fia!

Beijos,

sign1

@LeMousse



Entrevista com a maquiadora Aline Oliveira by Kaká Marinho
28 de janeiro de 2010, 8:20 pm
Filed under: Entrevistas

Sabiam que a gente tem um talento alagoano que está sendo reconhecido lá fora?! Que já ganhou concursos internacionais e está na final de um do Avon?!

Pois é! Aline Oliveira, disputadíssima beauty artist aqui no Estado, separou um tempinho do seu tempo corrido pra responder entrevista aqui pro Le Mousse 🙂

Adorei conhecê-la, gente! É uma fofura e tem uma habilidade com os pincéis que só Deus sabe! Além disso, também embeleza as madeixas alheias como ninguém 🙂

Uma das produções de Aline Oliveira

 Entrevista com Aline Oliveira, 30 anos, beauty artist

- Como você descobriu essa vocação para o mundo da beleza?
Minha mãe é cabeleireira, então desde muito nova fui
apresentada a esse mudo mágico que é  o da beleza.
Posso dizer que  sou apaixonada por ele, desde sempre.
- O que leva uma profissional a ser uma boa maquiadora?
Acho que se cada pessoa se dedicar, pode se tornar
maquiador, mas para ser completo tem que ter talento
e isso não aprende...
- Na área da beleza manter-se atualizada é fundamental.
De que maneira você fica por dentro das tendências?
Realmente isso é muito importante, então procuro estar
sempre me atualizando em cursos com profissionais da área
aqui e fora do país. Mas, acima de tudo, tem que ser um bom
observador para ficar sempre ligado no que está acontecendo
ao redor, tanto as passarelas quanto as ruas, as maiores
referências.
- Quais os piores erros que você vê comumente em maquiagens?
Não é fácil acertar o tom da base e do corretivo. Quando
isso acontece, acaba criando um visual super pesado. Muita
gente também exagera no blush... tem que ter muito cuidado.
- Você tem algum ícone de beleza?
Nossa! São tantas beldades que fica difícil escolher uma...
mas acho que  Brigitte Bardot pode estar no topo da lista.
- Quais os itens indispensáveis de um nécessaire básico?
Do tipo pra levar na bolsa.
Uma base leve com filtro solar, pó compacto, máscara para
cílios, blush e gloss. Ima mulher que se preze não sai
sem essas armas.

- Quais as principais tendências deste verão?
Com certeza as cores cítricas vieram com força total e vale
lembrar que pode tudo, carregar na boca ou marcar os olhos,
mas sem esquecer jamais o bom senso.
- Quais as cores de make indicadas para a pele negra?
Gosto muito dos tons dourados. Acho que dá um toque todo
especial à pele negra.
- Dá pra fazer uma maquiagem legal sem gastar muito?
Claro que sim. Nós temos marcas fantásticas, o principal
é que tenha boa qualidade.
- Conta pra gente um truque de maquiagem infalível!
Tá bom, vou falar só  pra você, hein? Kkkkk! Depois da
maquiagem pronta, gosto de pegar o pincel do blush e
passar um iluminador dourado  por todo o rosto,
principalmente nas maçãs. É  bem sutil mas dá, um
efeito bárbaro de pele aveludada.
JOGO RÁPIDO
- Item de beleza que comprou e mais se arrependeu na vida: 
creme anti-rugas... a gente sempre compra, mas nunca usa.
- Não vive sem: minha família e amigos.
- Um medo: de perdê-los...

- O item mais barato de seu nécessaire profissional: minha 
pinça de sobrancelha, aquela mesmo que achamos em qualquer 
lugar. Ela é tudooooo!!
- E o mais caro: o iluminador da Clinique. Ele é perfeito!

- Um desejo: paz para todos!

- Um recado pros leitores do Le Mousse: a beleza está em 
cada um de nós. O mais importante é ser feliz... então 
sejam felizes! E não esqueçam da  nécessaire! Não custa 
nada dar uma mãozinha a natureza, não é? Um super beijo.

Aline e algumas produções assinadas por ela...

Fofa, né?!

Beijo!

sign1

@LeMousse

Como você descobriu essa vocação para o mundo da beleza?

Minha mãe é cabeleireira, então desde muito nova fui apresentada a esse mudo mágico que é  o da beleza. Posso dizer que  sou apaixonada por ele, desde sempre.

O que leva uma profissional a ser uma boa maquiadora?

Acho que se cada pessoa se dedicar, pode se tornar maquiador, mas para ser completo tem que ter talento e isso não aprende…

Na área da beleza manter-se atualizada é fundamental. De que maneira você fica por dentro das tendências?

Realmente isso é muito importante, então procuro estar sempre me atualizando em cursos com profissionais da área aqui e fora do país. Mas, acima de tudo, tem que ser um bom observador para ficar sempre ligado no que está acontecendo ao redor, tanto as passarelas quanto as ruas, as maiores referências.

Quais os piores erros que você  vê comumente em maquiagens?

Não é fácil acertar o tom da base e do corretivo. Quando isso acontece, acaba criando um visual super pesado. Muita gente também exagera no blush… tem que ter muito cuidado.

Você tem algum ícone de beleza?

Nossa! São tantas beldades que fica difícil escolher uma… mas acho que  Brigitte Bardot pode estar no topo da lista.

Quais os itens indispensáveis de um nécessaire básico? Do tipo pra levar na bolsa.

Uma base leve com filtro solar, pó compacto, máscara para cílios, blush e gloss. Ima mulher que se preze não sai sem essas armas.

Em Maceió, quais os melhores lugares pra se comprar make? Onde podemos encontrar de tudo, até sombra néon?

Temos muitas  opções. O importante é que a maquiagem seja de boa qualidade.

Quais as principais tendências deste verão?

Com certeza as cores cítricas vieram com força total e vale lembrar que pode tudo, carregar na boca ou marcar os olhos, mas sem esquecer jamais o bom senso.

Quais as cores de make indicadas para a pele negra?

Gosto muito dos tons dourados. Acho que dá um toque todo especial à pele negra.

Dá pra fazer uma maquiagem legal sem gastar muito? Que marcas você indicaria?

Claro que sim. Nós temos marcas fantásticas,como já falei antes o principal é que tenha uma boa qualidade.

Conta pra gente um truque de maquiagem infalível!

Tá bom, vou falar só  pra você, hein? Kkkkk! Depois da maquiagem pronta, gosto de pegar o pincel do blush e passar um iluminador dourado  por todo o rosto, principalmente nas maçãs. É  bem sutil mas dá, um efeito bárbaro de pele aveludada.

JOGO RÁPIDO

– Item de beleza que comprou e mais se arrependeu na vida: creme anti-rugas… a gente sempre compra, mas nunca usa.

– Não vive sem: minha família e amigos.

– Um medo: de perdê-los…



Entrevista com Carla Valois, do “les choses que j’aime” by Kaká Marinho
9 de janeiro de 2010, 6:38 am
Filed under: Entrevistas

Oi gente 🙂

Como eu tinha falado e respondido no formspring, uma das resoluções de ano novo pro blog é postar entrevistas, com uma certa frequência, de personalidades ligadas ao fashion. Sugestões são sempre bem-vindas, viu!?

“Inaugurando” a nossa seção (já tinha postado entrevista com Dudu Bertholini aqui no blog, lembram?!), uma blogueira alagoana cheia de estilo, que tive oportunidade de conhecer por causa do Le Mousse (esse blog já me deu tanta alegria que só Deus sabe…)!

Adoro conhecer e reconhecer talento alagoano! Acho que já deu pra perceber, né?! Bem, a Carla é “dona” do les choses que j’aime, um blog inspirador onde ela posta, dentre outras coisas, seus looks do dia-a-dia que, diga-se de passagem, são incríveis! Ó uma mostra:

Fiquei pasma quando, através do Oficina de Estilo, soube que ela morava aqui… daí começou todo o nosso contato, e a gente se conheceu pessoalmente no evento da S.Mag Trend House. Bem, vamos lá:

Entrevista com Carla Valois, 23 anos, estudante de Direito e
blogueira de moda


 - Como se deu a idéia de criar o les choses que j'aime?
Fiz um curso universitário que não gosto, o blog surgiu
como um “escape” para a monotonia que o curso gerou na
minha vida!
 - Quais seus locais preferidos para garimpar coisas legais? 
Onde você ama comprar?
Amo garimpar brechós, sempre que vou a São Paulo tento ir
em vários. Amo comprar na Cantão, na Zara e na Farm!
 - Quais os estilistas, designers que você mais admira?
Christophe Decarnin com certeza, Balmain é vida!!!
 - Qual o melhor conselho para ter estilo?
Optar sempre pelo “menos é mais”, depois de um tempo
fazendo experimentos você se sente mais confortável
para arriscar!
 - De quem você gostaria de herdar o closet?
Pode ser uma personagem fictícia? Adoraria herdar
o closet da Blair Waldorf (Leighton Meester)
do seriado Gossip Girl.
 - Quais os produtos indispensáveis em sua nécessaire?
Removedor de maquiagem e creme hidratante.
 - Tem algum ícone fashion?
Audrey Hepburn, mas também me inspiro muito no estilo
da Kate Moss e da Sienna Miller.
 - Quem você gostaria de conhecer pessoalmente, se pudesse?
Adoraria ter conhecido a Audrey Hepburn, que era
lindíssima, elegante e caridosa, enfim, uma
inspiração de estilo e de ser humano!


JOGO RÁPIDO
- Uma personalidade: Coco Rocha, minha modelo preferida.
- Uma comida: Sou louca por doces em geral!
- Uma bebida: Suco de laranja.
- Um blog: The Cherry Blossom Girl, minha maior inspiração
na internet.
- Um programa de TV: CQC.
- Uma revista: Vogue Paris, a melhor de todas as Vogues.
- Um destino: Londres!!!
- Um perfume: Light Blue da Dolce&Gabbana.
- Um sonho: Conhecer Moscou e São Petersburgo, adoro
literatura russa, então gostaria de visitar os lugares
onde meus escritores preferidos viveram.

Pronto! Uma verdadeira it girl, né?! Estilosa, linda, inspiradora, inteligente!

Beijo!

sign1

@LeMousse



Registroglam! by Kaká Marinho
13 de setembro de 2009, 8:32 am
Filed under: Entrevistas

islaFiz cara de Becky respondendo…

Oi genteeee!

O Flávio Cansanção, fotógrafo e colunista do Maceió40Graus, bolou uma entrevista super fofa pra eu responder pra coluna dele…

E não é que eu adorei?! Achei super divertido e so cool e também me autoconheci melhor respondendo, pois parei pra pensar bastante diante das perguntas legais. Posso dizer que tudo está 100% sincero e de coração!

A entrevista na íntegra, juntamente com fotos, está neste link aqui.

Valeu, Flavinho! Beijo!

sign1



Sobre a vinda de Dudu a Maceió… by Kaká Marinho
4 de setembro de 2009, 9:22 am
Filed under: Entrevistas, Maceió, Shops, Surtei!!!!!, Verão 2010
*Fotos: Dennis Calheiros, do Maceió40Graus e eu :)

duduint

Oi genteeee!

Até que enfim saiu o post, né?! Hahaha! Dudu Bertholini para @mammothstore foi o “pipoco”!

Bem… o que dizer sobre Dudu?! 😎

Acho que é a personalidade da moda de todos os tempos que eu mais gostei de conhecer (L)! Nosso muso se revelou exatamente aquilo que todo mundo pensa que ele é: autêntico, “ele mesmo”, totally abravanado e gente como a gente. Gente de verdade.

A entrevista foi super – ele de uma atenção ímpar! Articulado, cheio de ideias concatenadas e inteligentes… enfim, segue abaixo um pouco do nosso Dudu Bertholini (exclusivamente para o Le Mousse. BTW, eu, Luanda – do Amei – e Dudu na foto):

Entrevista com Dudu Bertholini

Estilo não é uma coisa fácil de ser definida, para a maioria das pessoas. Para você, Dudu, o que é estilo?!

Dudu – Estilo não muda a cada 3 meses, é o resultado de uma vida, de uma eterna construção, é o acúmulo de suas experiências, dos seus gostos, daquilo que você é de verdade. Estilo é uma coisa mais real. Moda é uma coisa mais leviana, porém divertida.

Como se faz pra ter estilo?

Dudu – Tem que se conhecer, né?! Conhecer o corpo, saber usar aquilo que te valoriza, que traduz o que você pensa… tem que se permitir. Hoje em dia a moda está bem democrática, ela não te obriga a usar nada, ela apenas sugere. Ela é controversa, contraditória. A moda vai atrás de você, não você que vai atrás dela.

Você nunca passa despercebido, assim como a mulher de Neon. Como você se inspira pra traduzir tão bem esse feeling no vestuário da marca?

Dudu – Meu trabalho é muito verdadeiro, ele é uma expressão muito fiel daquilo que eu penso, acredito, aposto. É uma resposta direta daquilo que eu sou.

Musas?

Dudu – Danuza Leão (jornalista), Cristina Franco (jornalista de moda), Rita Comparato…

Qual é a cara da Neon para o verão 2010?!

Dudu – Assim como o estilo, a essência da Neon não muda nunca. Em toda coleção, o espírito é sempre o mesmo: a mulher forte, elegante, maquiada e de unha pintada de vermelho, mão na cintura, charmosa. Nessa coleção, nos inspiramos em São Paulo, na coisa urbana, caótica, nas fachadas da cidade.

O que você pensa do blog enquanto veículo de comunicação?

Dudu – É a tradução do mundo contemporâneo. É a expressão individual de cada um, é como se fosse sua própria casa, seu universo, espaço para dar vazão ao pensamento escrevendo tudo o que se passa pela sua cabeça. Eu mesmo leio blogs de alguns amigos.

girlz

Acima, algumas imagens pra se ter ideia de como foi o evento: Carla Valois, eu, Luanda e Tham / Dudu e eu fazendo a íntima haha / a guei (do G.E.) / Luanda (do Amei) / Rodrigo (Mammoth) e Dudu 🙂

neonn

Um poco da coleção…

Só sei de uma coisa: pelo que eu senti, o sucesso da marca não é – nem de longe – à toa. Cada vez mais, me convenço de que pessoas verdadeiras, que mostram ser exatamente o que são – com humildade e ética – ganham o mundo.

Esse Dudu vai – ainda mais – longe.

Beijos!

sign1